Como Ter Um Cérebro "Turbinado"


O sonho dourado do concurseiro é ter um “cérebro turbinado”. Uma tremenda máquina de pensar, poderosa, rápida e confiável para poder fazer frente aos imensos desafios de enfrentar um verdadeiro “Rally” de aulas e estudos que o lançará num trajeto cheio de Interpretações, análises, sínteses e memorizações. Uma verdadeira prova de velocidade e resistência onde qualquer desconcentração poderá fazê-lo perder o foco e sair pela tangente, derrapando em assuntos que podem ser fundamentais para a sua aprovação em provas e concursos. Nesta prova, a velocidade só importa quando se tem controle! O ritmo e a técnica devem ser como piloto e navegador, aliados inseparáveis. A performance do piloto aliada às orientações do navegador, fazem com que os obstáculos e os limites sejam superados!!! E por falar em limites... Quais são os limites dessa máquina poderosa que é o nosso cérebro!

O cérebro responde a estímulos. Uma maneira de turbinar a sua máquina de pensar é através de exercícios neuróbicos. Uma verdadeira malhação cerebral que vai deixá-lo preparado para vencer a prova de passar em concursos! Seja qual for o seu limite hoje, determine-se a superá-los e dedique-se com afinco que os seus sonhos certamente se converterão em realidade.

O QUE É NEURÓBICA?
Neuróbica significa ginástica para os neurônios. A designação foi criada pelo neurobiólogo Lawrence C. Katz, para uma nova forma de exercício de estimulação cerebral projetada para manter o cérebro ágil e saudável. Isso se torna possível quando criamos novos e diferentes padrões de atividades para os neurônios com o objetivo de conseguir um rejuvenescimento celular de certas áreas do cérebro (como o neocórtex e o hipocampo). Lawrence C. Katz foi o precursor da neuróbica e autor do livro Mantenha o Seu Cérebro Vivo, tendo como proposta a estimulação cerebral através de experiências não rotineiras envolvendo todos os sentidos e as emoções.

COMO FUNCIONAM OS EXERCÍCIOS NEURÓBICOS?
Existe uma forte analogia entre o desenvolvimento cerebral e o desenvolvimento muscular. Para que uma musculatura seja desenvolvida, ela precisa ser estimulada e trabalhada, o que pode ser feito através de exercícios específicos. Uma vez que isto não aconteça, ocorre a sua atrofia. Uma descoberta dentro da Neurociência vem revelar que o cérebro mantém a capacidade extraordinária de crescer e mudar o padrão de suas conexões.

CÉREBRO: USÁ-LO OU PERDÊ-LO! NEURÓBICA NELE!

Com o nosso cérebro ocorre algo muito semelhante. A melhor forma de desenvolver o cérebro é usá-lo, e usá-lo bastante! O cérebro responde a estímulos. Quanto mais estimulado, melhor responde a novos estímulos. O problema é que a maioria das pessoas não o faz! Acabamos entrando no automatismo do dia a dia onde requisitamos muito pouco de nosso poderoso cérebro. É como usar um carro de fórmula para circular no estacionamento de um prédio. Talvez por desconhecimento, por acomodação ou simples preguiça, acabamos por utilizar um percentual muito pequeno do nosso potencial e por vezes desenvolvemos rotinas que podem ocasionar uma verdadeira atrofia cerebral.

A nossa vida cotidiana é realmente previsível. Cerca de 80% do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso: limitam o cérebro. Como os comportamentos de rotina são quase subconscientes, costumam ser efetuados com um mínimo de energia cerebral e proporcionam pouco exercício para o cérebro. Em conseqüência, exploramos muito pouco a capacidade do cérebro de fazer novas associações. Para contrariar essa tendência, a proposta da neuróbica é praticar exercícios "cerebrais" que sejam diferenciados, fazendo com que as pessoas pensem naquilo que estão realizando e concentrando-se nas tarefas.

O Desafio da Neuróbica é fazer tudo aquilo que contraria as rotinas, obrigando o cérebro a um trabalho adicional. O Cérebro humano está preparado, em termos de evolução, para procurar e reagir ao que é inesperado ou inusitado, como novas informações absolutamente inéditas vindas do mundo exterior. É o que estimula o cérebro.

A Neuróbica possibilita uma malhação neuronial que vai tirá-lo da zona de conforto. Sair desta zona significa incorporar novos hábitos e remodelar os antigos! Partindo de coisas simples como escovar os cabelos utilizando a mão de menor habilidade, você poderá estar iniciando um poderoso programa de treinamento cerebral. O treinamento neuróbico passa por introduzir novas práticas no nosso dia a dia e principalmente desafia o seu cérebro a se reinventar constantemente.

O grande diferencial apresentado por este livro é a apresentação de uma vasta gama de exercícios Neuróbicos que poderão fazer de você um verdadeiro atleta cerebral!

Prepare-se para despertar o gigante adormecido! O seu cérebro! Prepare-se para desafiar-lo ativando e estimulando áreas diferentes daquelas envolvidas em atividades rotineiras.

Através dos exercícios neuróbicos você poderá aguçar os seus sentidos e a sua percepção, fortalecer a sua memória, potencializar a sua criatividade e o seu poder de concentração com maior vivacidade e privilegiando uma saúde mental perfeita.

QUEM DEVE FAZER EXERCÍCIOS NEURÓBICOS?

A neuróbica foi desenvolvida inicialmente visando à terceira idade e tendo como objetivo, compensar as perdas decorrentes da idade e evitar problemas degenerativos. Vários trabalhos científicos realizados em diversos países demonstram claramente que o declínio mental que ocorre com a idade pode ser evitado. O conceito de que a função faz o órgão aplica-se tanto ao “fitness” muscular quanto ao “fitness” cerebral.

Atualmente, as técnicas e exercícios neuróbicos são praticados por jovens, estudantes e profissionais que buscam a aprovação em concursos, a superação de desafios ou simplesmente um maior vigor mental para enfrentar nosso mundo altamente competitivo.

ONDE E QUANDO DEVO PARTICAR OS EXERCÍCIOS NEURÓBICOS?
Não é preciso encontrar um tempo específico para que se possa iniciar um treinamento neuróbico. A vida cotidiana é a academia da neuróbica cerebral: experimentar o inesperado e mobilizar a ajuda de todos os seus sentidos ao longo do dia. Ao acordar, ir para o trabalho, fazer compras, nas refeições, no relaxamento, nas compras (mercado, feira), na academia, nos encontros sociais. A proposta é mudar o seu comportamento rotineiro na forma de lidar com o mundo, estimulando continuamente seu cérebro.

Aprenda a pensar em 3D:

Determine-se a ser Diariamente Diferente

Nesta coluna, estaremos apresentando uma série de dicas e exercícios para turbinar o seu desempenho em provas e concursos. Próximo artigo: A neuróbica e a ativação dos sentidos.

Por Ricardo Soares
Mestre em Ciências Empresariais
Autor do Livro: Leitura Dinâmica pela Editora Campus

Apostilas Mais Vendidas

Concurso MPU 2018-TÉCNICO DO MPU - ESPECIALIDADE: ADMINISTRAÇÃO
Concurso MPU 2018
TÉCNICO DO MPU - ESPECIALIDADE: ADMINISTRAÇÃO

Conteúdo Em Destaque

Acha Difícil Passar em Concursos? Conheça o Curso Onde Você Aprenderá Rapidamente a Passar em Qualquer Concurso Público Estudando Apenas 2 Horas Por Dia!