Pós-graduação pode fazer a diferença em concursos

Mercado de trabalho competitivo, crescente aumento de setores empregatícios cada vez mais especializados e possibilidade de ascensão profissional. 

Esses são apenas alguns dos inúmeros motivos para inicar um curso de pós-graduação, mas para aqueles que almejam emprego no setor público, a lista pode aumentar ainda mais.

De acordo com o diretor presidente da Escola Paulista de Direito (EPD), Ricardo Castilho, atualmente, a pós-graduação "é fundamental para quem quer ter êxito ou diferencial tanto na carreira privada quanto na pública". Entretanto, para os concurseiros a pós pode se tornar imprescindível. Isto porque, além de oferecer a especialização necessára para atuar em determinada área, contribui diretamente na pontuação em provas de concursos públicos para vagas com exigência de nível médio e superior, com a avaliação de títulos.

Conforme a resolução número 75 do Conselho Nacional de Justiça, a pós-graduação é válida oficialmente em concursos como títulos. São considerados títulos de doutorado, mestrado e especializações (com carga horária mínima de 360 horas), sendo a eles atribuídos dois, um e meio ponto, respectivamente. Vale ressaltar que a prova de títulos tem caráter classificatório, ou seja, os valores relativos a eles somente serão válidos após o candidato ter alcançado uma pontuação adequada na prova eliminatória. Embora aparentemente a pontuação não seja tão significativa, devido à grande concorrência, o candidato que não possui títulos simplesmente deixará de pontuar, o que pode ser decisivo para a classificação.

A importância da pós não se restringe apenas a pontuação dos títulos em provas de concursos. Castilho considera, por exemplo, que na área jurídica é inviável o profissional não se especializar. "Principalmente para quem visa a carreira pública, a pós oferece um aprofundamento nos estudos que nenhum curso preparatório ou doutrina pode ofertar com tanta propriedade", aponta.

Por este motivo é necessário muita atenção ao escolher a instituição mais adequada para cursar uma pós-graduação. Para o profissional que almeja o emprego público é importante avaliar ser a instituição possui corpo docente de qualidade e se oferecer cursos de referência na modalidade presencial. Castilho considera "fundamental que haja interação presencial entre o aluno e professor, para este tipo de curso específico". Outra característica essencial é que a instituição emita títulos com validade nacional, exigência comum das bancas de avaliação dos concursos.

Compartilhe Esse Conteúdo Com Seus Amigos

Conteúdo Em Destaque

Deixe o Seu Comentário...

Acha Difícil Passar em Concursos? Conheça o Curso Onde Você Aprenderá Rapidamente a Passar em Qualquer Concurso Público Estudando Apenas 2 Horas Por Dia!